Olia Lialina

Moscou, Rússia, 1973. Vive em Stuttgart, Alemanha
Professora na Merz Akademie, em Stuttgart. Eventos/Exposições: What was the User, transmediale, Berlin; Offline Art:New2, xpo gallery, Paris; One Terabyte of Kilibyte Age, Photographer's Gallery, London; Networked Art Forms and Tactical Magick Faerie Circuits, Tasmania; 1993, Future Symposium,CCA, Glasgow; Aging Online, BERN-Lectures on Digital Heritage, Bern
Residências artísticas: C3, Budapest, 1997; VILLA WALDBERTA, Munich, 1998; Communication in a Digital Age, Piet Zwart Institute, Roterdam, 2010 
Prêmios: WEB ART CONTEST, São Paulo, 1997; NET-ART, 1998; Premio Michetti, 2005


My boyfriend came back from the war 1996ABRIR
O trabalho, que é um clássico da web arte, conta a história de dois amantes que se reúnem após um conflito militar. A não linearidade narrativa é o meio de linguagem pelo qual a história se constrói. O internauta vai descobrindo uma história passional, constituída de  imagens em preto e branco e palavras, que ele, ao passar pelos links, vai alinhavando mentalmente. O enredo vai tendo seu sentido a partir das suas escolhas. Funciona bem em PC, celular e tablet.

Once upon 2011ABRIR
O trabalho recria de forma jocosa as três maiores redes sociais da contemporaneidade (Google+, YouTube e Facebook) com a tecnologia e o espírito dos anos 1997, de acordo com a memória dos artistas. Na página inicial, encontram-se três computadores antigos com o layout de cada site recriado. Descendo a barra de rolagem, vemos os logos dos sites e um botão para acessar cada um deles. Ao clicar em qualquer um, é possível interagir na rede, como, por exemplo, trocando a foto do perfil e postando uma mensagem.  Funciona bem em PC, celular e tablet.

Animated GIFs timeline 2012ABRIR
O site apresenta em duas versões, a oficial e a alternativa, três gifs antigos e famosos de mulheres em poses sensuais. Serve como uma resposta jocosa ao documentário http://video.pbs.org/video/2207348428. Neste vídeo, informações equivocadas sobre o nascimento do gif e o que faz de uma imagem ser um são apresentadas. Olia Lialina, além de criar a página com os gifs, ainda responde em forma de texto, dando as corretas datas e motivos, apresentados no site http://art.teleportacia.org/observation/GIF-as-medium/. Funciona bem em PC, mas não cabe na tela do celular.