Michael Aschauer

Steyr, Áustria, 1977.Vive em Viena, Áustria
Artista, pesquisador indisciplinado e tecnólogo freelancer
Eventos/Exposições: Hohe Dosis, Atterseehalle; ArchFilm Matinée / Sunday Special, filmcasino; Xishuangbanna International Photography Exhibition; Sleepwalking, Freies Museum Berlin; On Screen - Aktuelle Fotografie aus Österreich, Fotohof; Confligere, Kunstverein Schattendorf; Wealth of Nations, Spike Island; LICHT/KLANG, Le Bon Accueil; Multiplex; The Lacang-Mekong River Cultural and Art Festival; FILE - Electronic Language International Festival; Moving Frames, Mytilene digital art festival; Yebizo Festival for Art & Alternative Visions.Residências artísticas: BLACK SEA CALLING, NOMAD & c-u-m-a, Istanbul / TR; periferry, Guwahati / IN; Kriti Gallery, Varanasi / IN; DoNAUtik, Monnickendam / NL; Broadcast Media Sculptures, MOMEline, Budapest / HU; Oros Harasson Art Center, Finikas/Syros / GR. 2004 Residency of Austrian Federal Chancellery, Cité Internationale des Artes, Paris / FR. Prêmios: Neptun Wasserpreis; Prix Ars Electronica; Black Maria Film Festival; Nominee, International Media Art Award; Prix Ars Electronica


Danube panorama project 2005-2006ABRIR
Nesse site é possível visualizar continuamente toda a paisagem do rio Danúbio, obtendo informações precisas de latitude e longitude, em qualquer momento do trajeto. Desde que foi uma das fronteiras de longa data do Império Romano, a função mais importante do Danúbio nunca foi a de uma rota de comércio ou transporte, mas a formação de uma fronteira, função que permanece válida até hoje. Esse rio, talvez mais que qualquer outro, não apenas se conecta, mas também separa. O valor simbólico crucial e histórico do Danúbio age como um ponto de partida de referência para esta pesquisa fotográfica e cartográfica de intenso esforço de visualização de uma seção transversal natural através da Europa de hoje. Funciona bem em PC, celular e tablet.

River Studies 2009 - 2012ABRIR
Na mesma ideia de dois projetos mais antigos, DANUBE PANORAMA PROJECT de 2005 e FILE.NILE : THE NILE STUDIES de 2006, o artista se propõe a fazer um percurso visual sobre diferentes rios do mundo. Destacando a importância que os rios têm para a humanidade e entendendo o rio como um catalisador para a criação de cultura, o artista pesquisa a paisagem geográfica e cultural de grandes rios, tais como Ganges, Nilo, Danúbio, Bramaputra e o estreito de Bósforo. Sua principal ferramenta é uma câmera de captura de linha de varredura que percorre toda a extensão de cada rio dentro de um barco. No site, o espectador assiste a um vídeo como se estivesse percorrendo o rio dentro desse barco e, através de um mapa, colocado abaixo, pode acompanhar esse deslocamento, com as direções de latitude e longitude mudando conforme o movimento do mouse. Funciona bem em PC, celular e tablet.